top of page
Buscar
  • Bruno Veloso Fracasso

PRINCÍPIOS DO MÉTODO PILATES


A CONTROLOGIA é o nome oficial ou original do MÉTODO PILATES, criado por Joseph Hunbertus Pilates no final da década de 1920, e é a capacidade que o ser humano tem de se mover com conhecimento e domínio do próprio corpo, apresentando uma completa integração entre corpo, mente e espírito.

O método é baseado em seis princípios:

Respiração – Os movimentos são realizados no ritmo respiratório;

Centralização – O centro de força do corpo humano é o local onde se originam todos os movimentos, enfatizando a utilização da musculatura abdominal e a estabilização da coluna vertebral;

Precisão – Os movimentos devem ser feitos com precisão evitando gastos desnecessários de energia;

Controle – Consciência de todos os movimentos realizados, é o domínio sobre a musculatura desejada;

Concentração – Atenção para as partes do corpo e músculos que estiverem envolvidos

Fluidez – Conjunto de todos os princípios, para que o exercício ocorra de forma coordenada, harmoniosa e contínua

Os exercícios são divididos em duas categorias: Mat Pilates ou Pilates Solo que utilizam o peso corporal e a força da gravidade como fator de resistência e o Pilates com Aparelhos, onde os exercícios são realizados em aparelhos conhecidos como Cadillac, Reformer, Ladder Barrel e Step Chair, que apresentam molas e polias que proporcionam resistência ou facilitam a execução dos movimentos.

Com o passar do tempo, o método sofreu modificações e muitas variações surgiram.

Em função destas alterações passou a ser classificado como Clássico, que busca preservar a técnica original deixada por Joseph contendo os exercícios que seguem níveis, desde o básico até o avançado e o Contemporâneo onde os exercícios possuem adaptações de acordo com às características, habilidades e necessidades de cada praticante.

Ficou com dúvidas? Converse com nossos experts!!!

Ciência Funcional: no pain, YES GAIN!!!




4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page